• Ricardo Pires

Coração de carne ou de pedra?

"Darei a vocês um coração novo e porei um espírito novo em vocês; tirarei de vocês o coração de pedra e lhes darei um coração de carne."

Ezequiel 36:26


Um coração de carne é conhecido por sua sensibilidade acerca do pecado. Tolerar pensamentos impuros ou permitir que uns desejos pecaminosos permaneçam em nós por um momento que seja, é suficiente para que um coração de carne se aflija diante do Senhor. O coração de pedra chama uma grande iniquidade de “é assim mesmo, ou, fazer o que né!?”, mas o coração de carne é sensível a sermos um culto racional diante de Deus.


O coração de carne tem consideração pela vontade de Deus, logo o coração de pedra tem como base a vontade humana (que é tendenciosa ao pecado) é uma grande fanfarrona, e é difícil sujeitá-la à vontade de Deus, mas quando o coração de carne é concedido, a vontade humana treme como folha de álamo como qualquer sopro do céu e curva-se como o salgueiro como qualquer brisa do Espirito de Deus.

A vontade natural do homem (que é tendenciosa ao pecado) é como se fosse um metal frio e endurecido ao tentar moldar esse tipo de aço, o mesmo pode entrar no grau de plasticidade severa levando a peça a ruptura, logo esse coração não se deixa forjar pela mão do Criador.


Logo o coração de carne é a vontade renovada, se parece como metal fundido, que rapidamente é moldada pela forja da graça de Deus, coração de carne é moldável nas mãos de Deus. Quando eu tinha um coração de pedra, eu era mais egoísta, mais orgulhoso, mais arrogante, ainda continuo sendo tudo isso citado (em escala menor), porém lutando contra as minhas vontades carnais, tentando ser um filho melhor, tentando ser um marido melhor, tentando ser um pai melhor, e tentando ser um servo desse maravilhoso Deus. Isso só é possível porque o Senhor colocou em mim esse coração de carne!


O coração duro de pedra não ama o redentor (Cristo), mas o coração renovado arde de amor pelo redentor. O coração duro é egoísta e interpela friamente: por que deveria eu me preocupar com o pecado? Porque deveria eu amar o Senhor? Mas o coração de carne diz: O senhor sabe que eu o amo, ajuda-me Senhor, a amar-te ainda mais, me ajuda a combater esse pecado, tenha misericórdia de mim!


Muitos são os privilégios desse coração renovado: Aqui habita o Espirito, aqui Jesus repousa. Ele é adequado para receber qualquer benção espiritual e todas as bênçãos vêm até ele. Está preparado para ceder todo fruto celestial a honra de Deus e seu Louvor, e, portanto, nele o Senhor se deleita. Um coração sensível é a melhor defesa contra o pecado e a melhor preparação para o céu. Um coração renovado coloca-se em sua torre de vigia, esperando a vinda do senhor Jesus. Qual seria o tipo do seu coração, carne (moldado pelo Senhor) ou pedra (controlado pelas vontades humanas)?

2 visualizações
SOBRE NÓS

Nossa igreja é a sua igreja. Existimos para glorificarmos a Deus juntos.

LOCALIZAÇÃO

(13) 3237-1846

 

Av. Sen. Pinheiro Machado, 624

Santos/SP - CEP 11075-002

CONECTE-SE