Provérbios 25.11


Salomão teve o maior reinado de todos os tempos e um coração hábil para discernir. No exercício de um reinado, um Rei é cercado de conselheiros e administradores que colaboram para que o Rei possa tomar suas decisões. Com certeza, Salomão teve os seus conselheiros e colaboradores. Em sua sabedoria, pedida a Deus para governar seu povo, provavelmente ele tenha se deparado com alguns bons conselheiros e outros não tão bons. Podendo com sua sábia habilidade, avaliar e ponderar suas palavras antes de tomar alguma decisão.


Em nossas relações pessoais, também temos conselheiros, discipuladores ou outras pessoas da família ou amigos que sempre tem alguma coisa para nos dizer ou aconselhar em algum momento de nossas vidas. Ou então, nós mesmos somos solicitados a aconselhar alguém por alguma razão ou circunstância. Geralmente nos perguntamos: O que dizer? Ter a palavra certa no momento certo nem sempre é fácil. Eu já me encontrei em situações assim. Isso já aconteceu com você? Por essa razão a Palavra de Deus sempre será o melhor caminho para ensinar, exortar e aconselhar.


Salomão, no provérbio acima citado, nos lembra da importância e do valor das palavras certas nos momentos certos. Ele deu o valor do ouro para isso. Geralmente, somos bem-intencionados quando precisamos aconselhar alguém. Mas nem toda boa intenção está acompanhada do que é mais importante. Nos dias de hoje, com as redes sociais e a liberdade de se expressar, todos têm algo a dizer, uma opinião a emitir. Mas será que nesse mar de palavras e opiniões encontramos consolo, direção e sabedoria?


Olhando para Provérbios 8: 12, Salomão escreve sobre a excelência e a justiça da sabedoria: “Eu, a sabedoria, habito com a prudência, tenho o conhecimento e a discrição”. Eu concluo minha reflexão, nos exortando sempre a buscar na Palavra de Deus, as palavras certas, cheias de sabedoria e discrição ao aconselharmos alguém como também buscar em oração o momento certo para dizê-las. Acrescento ainda que ao buscarmos conselhos, façamos com pessoas que nos ajudem a andar mais próximos DELE.


Minha Oração: “Que o Senhor nos dê corações humildes e dispostos a se manterem fiéis. Que nossos corações sejam ensináveis para que possamos também ensinar. Que os nossos corações sejam dispostos a aplicar seus ensinos em nossa vida prática com temor e tremor, a fim de que não sejam apenas palavras ditas, mas vividas. Amém!”

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo