• Igreja Batista do Marapé

Refugiados

Último domingo, em decorrência de minha cirurgia, fiquei em casa. Logo no início do programa "Fantástico" (que eu nem gosto de ver), um documentário forte e realista sobre os refugiados (na maioria sírios) tentando cruzar a Europa em direção à Alemanha.

Como todo bom ser humano, julgamos. Em princípio questionei se não seria um plano mirabolante para implantar a religiosidade islã pela Europa. Sim, isso é possível.

Questionei, como próprio repórter disse ter questionado depois, que tais refugiados estariam mesmo é buscando emprego.

Depois, quando os relatos sobre os ataques do "Estado Islâmico" foram descritos, chorei. Chorei ao perceber quantas pessoas estão perdendo as suas vidas nas mãos de tiranos. Pensei nas crianças sem pais, famintas e sem futuro. Como não se colocar no lugar dessas pessoas sendo nós cristãos?

Fiquem comigo. Pensei no "Bom samaritano". A figura do próprio amor de Deus personificado em atitude de homens. Sim, o que o bom samaritano faria?

Ele choraria, sentiria a dor dos sírios, mas, ele jamais passaria por uma imagem dessa sem pensar em algo que pudesse fazer.

O Brasil também tem recebido Sírios. Óbvio, em quantidade muito menor, já que nosso país não está financeiramente uma ?Alemanha? e a nossa distância é de um oceano literalmente.

Mas, poderíamos fazer alguma coisa? Conheço pessoas na Alemanha. Poderíamos ajuda-las a ajudar? Elas poderiam de alguma maneira fazer a ponte?

Nos Estados Unidos há um site onde os americanos se candidatam a receber sírios; O que acham?

Acho que a solução está muito mais perto de nós do que imaginamos. Não podemos fugir, não podemos nos esconder.

Já temos um monte de "atividades" aqui em nossa igreja, mas, poderíamos hospedar alguns Sírios. O que acham? E na minha casa? E na sua casa.

Como peregrinos nesta terra, estamos mais para Samaritanos do que para Judeus.

Mas, para não nos perdermos em palavras vãs, enquanto pensamos e agimos para com os Sírios, pensemos nos que estão ao nosso redor e carecem do nosso auxílio.

Do seu pastor, Sidney Roberto.

#refugiados #hospedar #auxílio

1 visualização
SOBRE NÓS

Nossa igreja é a sua igreja. Existimos para glorificarmos a Deus juntos.

LOCALIZAÇÃO

(13) 3237-1846

 

Av. Sen. Pinheiro Machado, 624

Santos/SP - CEP 11075-002

CONECTE-SE