SOBRE NÓS

Nossa igreja é a sua igreja. Existimos para glorificarmos a Deus juntos.

LOCALIZAÇÃO

(13) 3237-1846

 

Av. Sen. Pinheiro Machado, 624

Santos/SP - CEP 11075-002

CONECTE-SE
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey YouTube Icon

October 9, 2019

May 27, 2018

Please reload

Posts Recentes

Todos querem ir para o céu, mas ninguém quer morrer

August 13, 2019

1/3
Please reload

Posts Em Destaque

Independência ou morte, liberdade ou prisão

 

Nesta semana, comemoraremos o Dia da Independência. Quando criança, lembro me bem dos desfiles. Como era legal ver as escolas desfilando, depois a polícia, corpo de bombeiros, forças armadas.

 

Na escola aprendíamos muito bem sobre este capítulo. Nos ensinavam a cantar o hino da independência. Aliás, sabíamos todos os hinos de cor.
Literalmente, O dia da Independência do Brasil era muito mais do que um feriado.
A palavra de Deus também nos fala de uma liberdade, conquista. Não nos tornamos independentes. Mas, fomos alforriados dos grilhões do pecado e tornado livres.
Como disse, não nos tornamos independentes. Pelo contrário, agora, totalmente dependentes de Deus. Somos servos dEle. Escravos da liberdade.


Em Efésios 1:3-13, temos o que chamamos de "Grande hino Cristológico". Neste hino, somos redimidos do pecado através do filho. O Espirito Santo é este "divino companheiro" que está conosco o tempo inteiro. E o pai é o que descobrimos como sentido de nossas vidas.
É com esta ação da trindade divina que somos libertos do cativeiro do pecado e herdamos a liberdade de podermos não pecar.
Mas, a liberdade que herdamos é um "compromisso" para, desvencilhados do pecado, nos achegarmos ais a Deus.
Por isso, em Gálatas 5 o Apóstolo Paulo nos adverte que não devemos usar da liberdade para dar ocasião à carne.
A liberdade tem um preço. Não podemos decepcionar a Deus. Por isso, "todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas me convém; todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por elas" (1 Coríntios 6:12-13).
Concluindo, viver com e para Deus é ter compromisso. Não herdamos as benesses da salvação para vivermos como bem entendemos, estribados em nosso próprio entendimento.
Herdamos a salvação em Cristo Jesus para glorifica-lo. Afinal, como consta neste "Grande hino Cristológico" (por três vezes), fomos criados "para o louvor da glória da Sua Graça".
Seriedade gente. Cristo está voltando. Que ninguém seja surpreendido.


Do seu pastor, Sidney Roberto.

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Siga