SOBRE NÓS

Nossa igreja é a sua igreja. Existimos para glorificarmos a Deus juntos.

LOCALIZAÇÃO

(13) 3237-1846

 

Av. Sen. Pinheiro Machado, 624

Santos/SP - CEP 11075-002

CONECTE-SE
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey YouTube Icon

October 9, 2019

May 27, 2018

Please reload

Posts Recentes

Todos querem ir para o céu, mas ninguém quer morrer

August 13, 2019

1/3
Please reload

Posts Em Destaque

Brincando de morto ou fingindo-se de vivo?

28/06/2017

Amanhã temos mais um feriado. "Dia de finados" ou "Dia dos fiéis defunto" é guardado desde o século II pela Igreja Católica. O intuito é rezar pelos que morreram. Daí a ideia católica de visitar túmulos.

Mas vamos falar dos vivos, ou dos aparentemente vivos. Falo de mim e de você. Estamos vivos ou mortos?

Em Romanos 6.11 temos uma verdade essencial para todo o que se diz cristão. Não basta dizer que é, assim como não basta dizer que está vivo. O verdadeiro crente está morto para o pecado e vivo para Deus. Ou seja, não vive pecando.

O que não anula a sua carne (Romanos 6.6) não é verdadeiramente cristão. Não podemos brincar com isso, pois, alguém que pensa estar vivo em Cristo, pode simplesmente estar morto e condenado por toda a eternidade.

Alguns preferem se enganar. Estes estão brincando de morto ou vivo. Podemos fingir para outros seres humanos, nunca para Deus.

 

Quais as consequências? Morto que se finge de vivo não vira vivo. Morto é morto. Com o tempo apodrece, cheira morte.

Mas qual o objetivo de se enganar? Aí que está questão. Muitos querem experimentar os benefícios da salvação, mas, não querem se desvencilhar da vida sem Cristo, a vida onde Cristo não é o centro, a vida onde Cristo não manda.

São pessoas que querem as benesses da salvação, mas, continuam pensando como sempre, falando como sempre, agindo como sempre. Ou seja, a obra redentora de Cristo nunca foi eficaz em sua vida.

Como um morto torna a viver? A Bíblia só dá uma alternativa: "Eu lhes asseguro: Quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna e não será condenado, mas já passou da morte para a vida.? (João 5.24)

Crer é mais do que simplesmente acreditar. A ideia envolve pertencimento. E se passamos a pertencer a Cristo, Ele passa a governar os nossos passos.

É a ideia da "metanoia" de II Corintios 5.17. Se você é de Cristo, tudo em sua vida é novo. Isso é vida. O resto é morte.

 

Do seu pastor, Sidney Roberto.

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Siga